Diva mas sem Frescura

A força das mulheres de Game of Thrones

Diferentemente da nossa série “homens que não gostamos”, nos pediram pra fazer post sobre personagens de Game of Thrones e a primeira coisa que me ocorreu foi falar sobre as mulheres. Elas são todas fortes, inteligentes, não ficam sofrendo por macho como na grande maioria das séries, filmes e novelas, e tem planos grandiosos como conquistar os sete reinos ou matar todos os inimigos para vingar a morte da sua família. É possível admirar algo em todas, é incrível. Vamos à elas:
 

Missandei

 

 

Missandei até o momento é uma grande aliada de Daenerys e se não fosse por ela, a loirinha provavelmente não teria conseguido juntar seu exército de imaculados. Inteligente e séria, acredito que Missandei ainda vai surpreender por causa da carinha de boazinha. Se fosse tão boazinha assim, não ajudaria a amiga nas mais diversas guerras e adversidades que acabam por matar várias pessoas. Apesar disso, é uma personagem do bem (até o momento pelo menos, porque em GoT nunca se sabe né…)

 

Melisandre

 

 

É verdade que ela é detestável? É. Que é cruel e sem coração? É. Que é uma louca fanática religiosa e bruxa no pior sentido da palavra? É. Mas, Melisandre é uma mulher extremamente esperta, não se  deixa levar por paixonites e está sempre se safando do pior graças à sua esperteza. Não é por isso que não estamos esperando ansiosamente pela hora em que ela vai se ferrar.

 

Daenerys

 

(AP Photo/HBO, Keith Bernstein)

 

Pra não gostar da Daenerys tem que se esforçar bastante. Maltratada pelo irmão babaca, Daenerys poderia ter ficado naquele sofrimento eterno quando foi forçada a se casar com  Khal Drogo, mas preferiu ser forte, seduzir o bofe e se tornar a Khaleesi do povo dele. Foi uma decisão realmente inteligente, pois ao invés de posar de vítima e ficar chorando as pitangas, Daeny foi à luta e resolveu tentar de tudo pra conquistar os sete reinos. A jornada dela é uma grande lição sobre autoconfiança, sobre acreditar em si mesma e não ficar dando moral pra macho. Sendo solteira, chove ome atrás dela, mas ela nunca fez deles mais do que uma possibilidade de saciar seus desejos sexuais. Muito esperta mesmo amiga, porque macho só dá problema e quer ficar cantando de galo.

 

Arya

 

 

Ela é outra difícil de não gostar. Tem que se esforçar bastante pra não achar ela uma garotinha incrível. Desde petiquinha já rejeitava o papel imposto ao gênero feminino e se recusou desde sempre a ser a mocinha indefesa que se casa e passa a vida agradando o marido, por isso vivia fugindo para aprender técnicas de luta e com isso acabou se virando. Sobreviveu ao pão que o diabo amassou, perdeu sua família, sua loba, seu aliado, foi espancada até dizer chega, e nem por isso ficou chorando as pitangas ou desistiu de viver, muito pelo contrário. Cada vez mais Arya está determinada a matar todo mundo que fez da vida dela um inferno, e ela tá mais do que certa mesmo. Vai que é tua, menina Arya!

 

Sansa

 

 

Nunca que eu imaginei fazer post e falar bem da Sansa. Ela foi muito trouxa por um bom tempo, muito aquele tipinho frágil que sofre na mão de homem (no caso dela nem foi por amá-los, coitada, foi por eles não deixarem ela em paz mesmo). Depois de se casar mais do que a Gretchen e nunca por opção própria, Sansa foi ficando cada vez mais espertinha e após sofrer tanto, se vingou deliciosamente da peste do Ramsay e desde então parece que a garota acordou pra vida! Sansa percebeu todo o seu potencial e deu uma guinada na sua história de menina injustiçada e sofrida, correndo atrás do que lhe pertencia e também buscando uma vingancinha, porque vamos combinar que é muito bom né? (pelo texto vocês já podem perceber que eu tenho sangue nos olhos né? kkk)

 

Cersei 

 

 

Vocês podem até estranhar, mas de todas ela é minha preferida. Cersei parece uma louca sem noção que teve 3 filhos do próprio irmão (arg), mas em seus raros momentos de fragilidade, Cersei mostra que no fundo é uma mulher que está e sempre esteve disposta a fazer de tudo pelo bem da família. Ela sempre quis o melhor para seus filhos e por isso a manutenção do poder de sua família era tão importante. Por erros em seus julgamentos e alianças, e também por criar filhos visando que eles fossem megalomaníacos, acabou perdendo tudo o que mais amava, e isso ensinou a ela uma grande lição. Maaaaaaaas, não é por isso que ela vai ficar chorando pitangas e ficar de luto eterno, né? Cersei é provavelmente a mulher mais forte de todas, manipuladora, estrategista, calculista e não deixa que nada a abale a ponto de perder a razão de viver. Ela nos dá uma grande lição sobre manter o foco e não enlouquecer apesar das circunstâncias, por piores que elas sejam, e muito menos desistir.

 

O que mais gosto na série é que os personagens são muito reais no sentido de que todos eles tem qualidades e defeitos, pontos bons e ruins. Todos tem a capacidade de mentir, de amar, de se vingar e de buscar seus objetivos, e o que diferencia as mulheres da série é que todas tem um papel crucial e um protagonismo indiscutível. Apesar de precisar dos homens para realizarem alianças que possibilitarão a conquista dos seus objetivos, elas não se subjugam a eles e nem deixam que eles as confundam. Todas elas quebram esse padrão novelístico e televisivo de mulher frágil, e não vou negar: amamos isso!

 

E você, quais as suas personagens preferidas? Conta pra gente!

ESCRITO POR

Luma Mattos

DEIXE UM COMENTÁRIO

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *