Diva mas sem Frescura

Divando

Aqui vamos fofocar muito sobre moda, looks, tendências, make, tutoriais, trocar dicas e experiências. Magra demais pra usar isso? Gorda demais pra usar aquilo? Esquece isso! Aqui todo mundo é diva!

Conheça o projeto Divas da História

 

 

Sexta passada eu estava no aniversário de uma amiga (parabéns Vanessa!!!) e ela me apresentou a Amanda Pellegrino e o projeto chamado Divas da História. Nele, Amanda resolveu fabricar bonecas de pano com personagens femininas incríveis, mas que geralmente não estão nos livros habituais. A atmosfera lúdica do projeto não fica somente nas bonecas. Cada uma delas vem acompanhada de um livrinho ilustrado e em versos contando a história de uma dessas heroínas da vida real. Eu vi de perto e é muito fofo! Como aqui no blog estamos sempre falando da importância da representatividade e tentando colocar luz na história de mulheres que fizeram e fazem diferença, mas que são silenciadas ou esquecidas, achei a ideia maravilhosa e o projeto tem tudo a ver conosco e cá está ele num post pra você conhecer melhor!

 

 

Segundo a Amanda, “o projeto foi feito pensando na autoestima das nossas pequenas crianças.  Quando uma pequena ou pequeno diz para você que quer ser uma profissional, como uma aviadora, que exemplo você fornece a ela? Como ela se projeta nessa realidade? Pensando nisso desenvolvemos uma linha de produtos, reproduzindo grandes ícones femininos em bonecas e trazemos suas histórias em livros bem didáticos com letra de forma e em versos simples. A escolha de cada personagem foi feita pensando no máximo de diversidade e tipologia. Assim, todas as crianças se sentem parte desse projeto.”

 

O projeto está em financiamento coletivo para ser viável e se tornar maior! Nele, você pode contribuir a partir de R$ 14,90 ou valores maiores descritos no site. Cada valor dá direito a uma coisa, desde o livrinho em PDF ao livro impresso acompanhado das bonecas. Se interessou em ajudar? Acessa o Kickante.com.br/campanhas/projeto-divas-da-historia

 

No vídeo abaixo, tem tudo bem explicadinho e ainda com a ajuda de uma criança <3  Dá um play!

 

 

Para saber mais:

FACEBOOK: divasdahistoria5

INSTAGRAM: @divasdahistoria5

EMAIL: divasdahistoria5@gmail.com

ESCRITO POR

Olga Bon

DEIXE UM COMENTÁRIO

0

TOP 3: BASES PREFERIDAS

Helloooooo, girls!!
O post de hoje é sobre o que amamos: Bases!

 

Euzinha, não saio de casa sem base, então, pensando nisso resolvi trazer 3 bases que possuem o efeito muito semelhante uma da outra.

Irei mostrar o produto e ao final de cada “top”, irei mostrar pra vocês como elas aderem na pele com a maquiagem finalizada.

Então, vamos lá conhecer essas três maravilhas mundiais!!

 

 

Eu sou super fã dos produtos da MaryKay e de todos os meus produtos da marca , sem dúvidas, a base é o meu produtinho preferido.

O que a marca promete?

” Proporciona redução visível na aparência de poros, linhas finas, rugas e imperfeições na pele.

- Controle de brilho e oleosidade o dia todo sem a aparência ou sensação de maquiagem pesada.
-Proporciona à pele um acabamento matte e duradouro.
-A cor permanece a mesma por varias horas.
-Ótima fixação e resistente ao suor.”

 

 

O que eu acho?

Para as mocinhas que assim como eu possuem linhas de expressões na testa, essa é a base ideal.
Ela suaviza essas linhas  deixando um efeito bem natural, sem efeito de make pesada, seca super rápido e o efeito matte (sequinho) é imediato.
Cobre muito bem as imperfeições e se eu for sair durante a noite, é ela que eu vou usar.
Quanto ao suor: é resistente sim, mas não o dia todo. Eu moro no RJ e calor aqui é o que não falta, então, se eu passar a base de manhã, irei ter que dar uma retocada durante a tarde. Mas, com pouco produto (pingos) eu consigo resolver esse problema.

Preço: Não é barata, mas compensa pelo seus benefícios e durabilidade.
Custa  R$64,00.

 

 

Essa base eu vi muitas blogueiras comentando e resolvi testar. Foi um tiro no escuro que deu muito certo!
Por ser muuito baratinha, pensei só nos defeitos, mas ela me surpreendeu bastante.
Ultimamente, tenho até usado ela no meu dia a dia e evitando a da MaryKay por ser bem mais cara.

 

 

O efeito dela é bem matte, tipo, muito seca mesmo. Parece que não tem hidratação de tão matte que ela é. Zero oleosidade!
Ela é muuuito cremosa e “durinha”, isso é bom porque evita o desperdício ao espremer a bisnaga. Essa maravilha tem uma cobertura média e arrisco em dizer que pode chegar a ter uma cobertura alta, dependendo da forma que você vai aplicar.

Para uma cobertura média: Aplique com um pincel Kabuki ou língua de gato. Eu prefiro o Kabuki porque uso menos produto e espalha mais.
Para uma cobertura alta: Aplique com uma esponja para base e/ou corretivo, a famosa esponja em formato de coxinha, conhecida também como Beauty blender.

 

Para que vocês não fiquem perdidas nos nomes, trouxe as imagens dos pincéis para facilitar a leitura:

 

Preço: ESSA É A MELHOR PARTE, O MÁXIMO QUE VOCÊ VAI PAGAR É DEEEEEEZ REAIS (R$10,00).
Comprei numa lojinha no Saara e paguei R$7,50.

 

 

 

Por último e nem por isso a menos querida, vou falar um pouquinho da amável base da Vult.
Mas, Marcelli… É tudo Matte? Sim, moça!
Eu só uso base com esse efeito mais seco devido a minha pele oleosa.
Uma coisinha que eu notei nela, é a que a pele fica com um efeito, digamos que: bronzeado.

 

 Essa base adere super rápido na pele, sem demorar. O seu defeito é que ela é líquida até demais, facilitando o desperdício do produto. Ela tem uma cobertura média, cobre todas as imperfeições , manchinhas e  tem um cheirinho que eu amo. Sua durabilidade varia entre 4  e 5 horas após a aplicação, devendo ser reaplicada durante o decorrer do dia.

Uma observação que eu preciso falar: essa base na pele negra.
De todas as resenhas que já li sobre bases, vídeos e tudo mais, essa base é a que mais fica bonita em pele negra.  Eu acho que fica mais uniforme, com brilho, mas ao mesmo tempo matte, efeito bronze,  zero oleosidade: Pele de boneca MESMO. Você, mulher negra, testa e me conta!

 

Preço: Esse é aquele produto da série BBB (Bom, bonito e barato).
Custa R$30,00 nos sites e eu paguei R$27,00 na farmácia.

 

As minhas três bases favoritas são essas. E, aí?
Qual é a sua predileta?

Conta pra gente aqui nos comentários do Blog! :)

 

Escrito por: Marcelli Martins.

Marcelli, 20 anos, estudante de Direto, flamenguista, apaixonada por maquiagem, moda, cabelo e fotografia. Um pouco geniosa, mas ao mesmo tempo um amorzinho. Sou muito família e protetora.
Se quiser saber mais sobre mim, é só me seguir no Instagram: @marcellims.

 

 

ESCRITO POR

Convidada especial

DEIXE UM COMENTÁRIO

0

O que eu faço antes da maquiagem?

Helloooooo, girls!!

Antes de qualquer maquiagem, tem que ter aquela preparação de pele.
Do tipo bem sequinha, que você consegue sentir um efeito hidratado, aveludado, maciez e frescor, tudo ao mesmo num só toque no rosto.

 


Eu sou o tipo de mulher que não sai de casa sem base, corretivo, pó, blush,batom, máscara de cílios,TUDO QUE FOR MAQUIAGEM EU TÔ PASSANDO (sem virar o patati patatá).
Mas, veja bem: tem que cuidar muito bem do rostinho, senão a maquiagem craquela (maquiagem craquelada é quando fica um aspecto borrado, grude) e fica !

Então, olha a dica de hoje e vem aprender com a gente!

 

 

1 – Limpeza.

Uma pele limpa quer dizer que você hidratou e protegeu o seu rostinho antes de receber a maquiagem.
Pensando nisso, eu resolvi trazer uns produtinhos:

 

 

No mundo dos cosméticos já existem diversos produtos 3 em 1, esse é da linha anti-idade.
Ou seja, quase tudo em 1 único produto sem perder a qualidade e o objetivo (limpar a pele) , sem dúvidas esse é o meu preferido.
Deixa a pele macia, aveludada e com o aspecto super limpo.

Uso 2 vezes ao  dia (quando acordo e me maquio e quando eu chego em casa e tiro a maquiagem).
Dura bastante tempo, tenho o meu há um pouco mais de 6 meses (ele rende MUITO) e você só vai usar um pinguinho, como se fosse uma gota.

Existem duas versões:  Pele Normal/Seca e Mista/Oleosa.
Ele custa: R$ 62,90.

 

 

Esse aqui não é 3 em 1, mas cumpre seu objetivo.
Super recomendo para quem tem a pele muito oleosa, além de ser um ótimo custo benefício.
Você encontra em qualquer  farmácia ou loja de cosméticos, por R$30,00 no máximo.

 

2- Tônico.

O uso do tônico é o passo mais importante e o mais ignorado também.
Ele ajuda a limpar e a compensar algumas características da pele, como o excesso de oleosidade. Ele é uma complementação do passo anterior, remove as impurezas que são mais difíceis de sair com outros produtos de limpeza do rosto e prepara a pele para receber o próximo passo.

 

Um dos meus favoritos por ser bom e barato.
Benefícios: não tem álcool, o cheiro não é forte, controla a oleosidade por horas (umas 5- 6 horas) e não resseca a minha pele.
O preço gira em torno de R$28,00.

 

Sabe aqueles cravos insuportáveis? Então, com esse produto você quase não vai ver esses pontinhos pretinhos no seu rosto. Esse é um tônico adstringente, age de uma forma mais profunda na pele e de quebra ainda seca as acnes, as famosas espinhas.
Poréééém, o cheiro é bem forte. Mas, suportável!
Seu valor gira em torno de R$ 29,00.

 

 

 

3- Hidratação.

 

Essa é a minha parte preferida, por 2 motivos:
1- Está acabando o passo a passo .
2- Minha pele está impecável e me sinto 10 anos mais jovem.

Brincadeiras à parte (mas, é verdade),  é MUITO bom quando você faz todos os passos e sente a pele maravilhosa. Essa sensação poderia entrar para o ranking das melhores coisas da vida (só uma dose de exagero pra não perder o costume).

 

Ahhh, esse é amor! ♥

Sério, esse é melhor hidratante que eu já usei, também é da linha anti-idade.
Pra começar, quando você aplica na pele dá pra sentir um frescor imediato. Você passa na pele, massageando em movimentos circulares e sente a sua pele como se tivesse molhando com água corrente, e PUFT, em segundos você já sente sua pela sequinha, como se fosse um efeito matte.

Detalhe: Ele promete reduzir as linhas de expressões. E sim, ele REDUZ!

Existem duas versões:  Pele Normal/Seca e Mista/Oleosa.
Ele custa: R$ 76,90.

 

 

Esse creme da latinha azul, é da época da minha avó. É o famoso “1001 utilidades“. Tem um cheiro que eu amo, uma textura mais cremosa e densa e sua durabilidade é vida longa.
Em relação ao preço depende muito do tamanho que você vai comprar, sendo o mais barato (29g), no valor de R$11,oo e o mais caro (97g), no valor de R$26,00.

 

   4- Proteção solar.

Agora que você já limpou, tonificou e hidratou a pele. Chegou a parte mais importante: proteção facial.
O post é sobre os cuidados ANTES da maquiagem, e eu super considero a proteção solar um passo super importante, então lá vai 2 produtos com efeito MATTE e super protetores:
Vou começar dizendo o motivo de usar somente filtro solar com efeito matte: eu uso maquiagem todo santo dia, durante todo o tempo que estiver fora de casa, ou seja, a maior parte do tempo.
Então, o que eu menos quero é pele craquelada por conta do protetor solar.Então, eu intercalo a minha proteção com esses dois produtinhos, sendo o meu preferido o da Vichy, por ser mais seco que o da Neutrogena.

 

Vichy é a definição de “sou seco mesmo”.
E sim, ele é. Tem um perfume super agradável (diferente de muitos protetores),  espalha fácil, seca rápido.
Ou seja, zero oleosidade.

Seu valor gira em torno de R$62,00.

 

 

 

É o filtro, de 0 a 10 de dou nota 7.
Gosto muito pelo fato de ter muitas vitaminas, ser hidratante, ser antioxidante, mas perde pontos comigo por não ter o efeito tão sequinho como eu gosto. Mas, numa análise geral: ele é bom sim.

A Neutrogena tem duas versões, Fator 30 FPS (R$38,00) e Fator 60 FPS (R$50,00).

 

 

 

Os cuidados essenciais pré-maquiagem são esses.
E, aí?  Quais são seus cuidados? Conta pra gente! :)

 

Por: Marcelli Martins.

 

Marcelli, 20 anos, estudante de Direto, flamenguista, apaixonada por maquiagem, moda, cabelo e fotografia. Um pouco geniosa, mas ao mesmo tempo um amorzinho. Sou muito família e protetora.
Se quiser saber mais sobre mim, é só me seguir no Instagram: @marcellims.

 

ESCRITO POR

Convidada especial

DEIXE UM COMENTÁRIO

4

Corpo pro verão? Todas nós temos!

Com a chegada do verão, as academias ficam entupidas de gente, e o que mais vemos é mulher magrela falando que tá gorda, meninas lindas com vergonha de colocar biquíni e um monte de revista falando de dieta de um tal de “corpo de verão”. Gente, 2017, isso já deu né?

 

 

 

Essa cultura da magreza e obsessão por não ter barriga já é tão ultrapassada que preciso fazer um post pra ajudar vocês a superar isso. Como ninguém nasce desconstruidona, eu também tive que esquecer a ideia de que corpo bonito é obrigatoriamente sarado ou magro, e para isso, comecei a seguir vários instagrams pluz size, e me apaixonei por esse mundão maravilhoso de diferentes estilos e corpos.

 

De tanto ver mulheres INCRIVELMENTE divas e com corpos gordos, eu fui naturalizando a beleza delas e hoje em dia eu não associo mais beleza à magreza (e na verdade fico ULTRA incomodada com quem faz isso). Então para que você esqueça essa nóia de não comer nada e viver uma vida de privações só pra ter um corpo sarado ou magro porque é o único tipo de corpo bonito, dá uma olhada nessas gordas LINDAS com bikinis e looks de verão e mude seus conceitos (vou indicando os blogs que vocês podem acessar pra ver mais conteúdo):

 

 

1 – Girl with Curves

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2 – Grandes Mulheres

 

 

 

 

 

 

 

3 - Le Blog de Big Beauty

 

 

 

 

 

 

4 – From the Corners of the Curves

 

 

 

 

5 – Gabi Fresh (meu preferido)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Conheça ainda outros blogs  com conteúdo Plus Size de qualidade:

 

GrandEstima

Aquela Mari

The Curvy Fashionista

Beleza sem Tamanho

 

Eu imagino que algumas pessoas virão com o argumento fitness e geração saúde pra dizer que essa vida de academia e dieta é o certo, que é saudável e blablabla, então antes que me dê preguiça dessas pessoas eu já vou deixar claro que se informem, que pesquisem, porque nem todo magro é saudável assim como nem todo gordo está com problemas de saúde, ok? Muita gente quando vê uma gorda comendo fica: QUEEEEEEEEEEEE, mas quando vê um magro fumando não fala nada. Por que? Porque estas pessoas não estão preocupadas com saúde de ninguém, estão apenas querendo exercer o seu “direito” de ser gordofóbicas em paz. E você nem precisa ser obesa pra te encherem o saco, basta não ter um corpo padrão que já começam as cobranças sem fim. Gente, sinceramente? Já deu desse preconceito velado, né? Se você quer ficar comendo alface e batata doce o resto da vida e gosta de passar 3 horas por dia na academia: tudo bem. Se  você curte comer uma coxinha e beber refrigerante: tudo bem também. Vamos cuidar da saúde sim, mas encher o saco da pessoa só porque ela não é padrãozinho é que não dá né? Então antes de  vir criticar gordos, pare e pense: eu faria esse tipo de comentário se visse alguém fumando/bebendo/usando drogas? Se a resposta for não, guarde o comentário para você!

 

E para a mulherada: coloque seu biquini, seu vestido, seu short, sua blusa de listras, porque independentemente do seu peso, você pode TUDO!

 

 

VAMOS NOS AMAR E NOS ACEITAR, MULHERADA!!!

 

 

Ah, e não poderia encerrar o post sem falar do movimento #fatkini no instagram, que incentiva as gordas empoderadas a postarem suas fotos de bikini. EU AMOOOOOO! Olhem quantas lindas:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ai só deusas, socorroooooo! Espero muito que depois desse post você se olhe no espelho e perceba o quanto você é linda! E bora curtir esse verão, porque tem um sol pra cada um! Haha :*

ESCRITO POR

Luma Mattos

DEIXE UM COMENTÁRIO

0

11 mulheres incríveis que não estão nos livros de História

Já repararam que as páginas dos livros de História estão lotadas de feitos magnifícos realizados por grandes homens? Será que as mulheres realmente não faziam nada? Claro que éramos oprimidas pela sociedade e tínhamos que obedecer as regras sociais, mas somos bicho duro na queda! Sempre existiram mulheres a frente do seu tempo, que lutaram e deram a cara a tapa. Mas onde elas estão? Os livros são escritos por homens e os créditos sempre vão todos pra eles. Nada de novo sob o sol, não é mesmo? Mas ao longo dos séculos, as mulheres estavam lá, corajosas e libertárias, tentando fazer acontecer. Cabe a nós resgatar essa memória e não deixar homem nenhum ganhar crédito por algo feito por uma de nós.

 

Vou começar esse resgate nesse post, com 11 mulheres incríveis, que mudaram o mundo e foram fundamentais para as conquistas que temos hoje.

 

1 – Maud Wagner 

mulheres 01

Maud Wagner foi a primeira tatuadora mulher dos Estados Unidos, em 1907. Se hoje, 2016, ainda olham torto pra mulher tatuada, imagina em 1907? Para sobreviver, Wagner também fazia acrobacias circenses e viajava pelos EUA para tatuar e para se expor como “atração tatuada”.

 

2 – Annie Lumpkins 

mulheres 02

Annie Lumpkins foi a mais jovem ativista dos EUA pelo direito ao voto feminino. Aos 18 anos, integrou o ‘Freedom Riders’ (Cavaleiros da Liberdade), ônibus que circulou no sul dos EUA, desafiando as leis racistas locais e colocando suas vidas em risco por justiça racial. Na foto, de 1961, Annie é detida em Little Rock, mas não foi presa e foi fotografada enquanto era dispensada pelo delegado Glascock para voltar a St. Louis no próximo ônibus dos Freedom Riders.

 

3 – Marie Curie 

mulheres 11

Marie Curie foi uma física e química polonesa, que sempre se destacou nos estudos. Mesmo assim, foi impedida de entrar no ensino superior, pois só os homens eram permitidos. Contudo, ela lutou contra esse sistema machista e se tornou uma das principais cientistas de toda a história. Foi a primeira mulher a ganhar um Prêmio Nobel de química e o primeiro ser humano a ganhar dois Prêmios Nobel em áreas científicas diferentes. Em 1995 seus restos mortais foram transladados para o Panteão de Paris, tornando-se a primeira mulher a ser sepultada neste local.

 

4 – Sabiha Gökçen 

mulheres 03

Turca, ela foi a primeira mulher a se tornar pilota de caça, em 1937. Depois de Sabina, muitas outras mulheres viram que era possível e se interessaram pela profissão  e em 1945 elas já eram vistas durante a Segunda Guerra Mundial.

 

5 – Ellen O´Neal 

mulheres 04

Ellen O’Neal foi a primeira mulher a ganhar notoriedade no cenário do skateboard. Ela participou do California Free Former World Professional Skateboard Championship no ano de 1976 e 1977, onde não ganhou títulos mas ficou conhecida por seu carisma e por ser a representação de uma geração inteira de garotas que queriam andar de skate. Além disso, ela foi responsável por disseminar a cultura do skate feminino, além de ter participado de programas de TV, como o seriado “Mulher Maravilha”.

 

6 – Ada Lovelace 

mulheres 10

Essa coisa de computador e tecnologia da informação e engenharia é um mundo tão masculino, né? Pois se eu disser pra você que a primeira pessoa considerada a primeira programadora do mundo foi uma mulher você faz o que? É isso mesmo! O nome dela é Ada Lovelace, nascida em 1815 e filha de Lorde Byron com Anne Isabella. Seus talentos com os números a aproximaram do inventor Charles Babbage, professor e inventor, fazendo com que os dois começassem uma série de estudos, que foram basicamente esquecidos. As reflexões e pesquisas de Ada foram republicados tempos depois e se tornaram essenciais para o trabalho de Alan Turing sobre os primeiros computadores modernos em 1940.

 

7 – Jeanne Manford 

mulheres 05

Jeanne Manford foi uma grande ativista norte-americana que lutou pelos direitos dos homossexuais e essa foto é ela, em 1972, ao lado do filho gay, em uma passeata. Jeanne co-fundou o grupo de suporte PFLAG (Parents, Families and Friends of Lesbians and Gays), pelo qual ela recebeu uma medalha de honra em 2012 (ela faleceu em 2013). Jeanne entendia, nos anos 70, a importância de ter uma rede de suporte para pais e amigos de pessoas gays e a importância de criar uma rede de afeto, pois só assim o respeito, o amor e a tolerância venceriam.

 

8 –  Kathrine Switzer

mulheres 07

Essa aí da foto é a Kathrine Switzer, a primeira mulher a correr a famosa Maratona de Boston, em 1967. E você não está vendo errado: ela realmente está tentando ser impedida por organizadores e corredores indignados com a sua presença. Mesmo assim, ela conseguiu concluir a prova.

 

9 – Sarla Thakral

mulheres 08

Em 1936, Sarla Thakral quase perdeu a vida ao batalhar uma licença pra pilotar na índia. E ela conseguiu!

 

10 – Hipácia de Alexandria

mulheres 09

“Mas só tinha filósofo homem, né?”… tinha não, gente… essa aí é a Hipácia, matemática, astrônoma e uma das mais importantes pensadoras da Antiguidade. Foi morta por cristãos acusada de bruxaria. É considerada a última intelectual de destaque da Alexandria, centro da cultura grega no mundo helenístico.

 

11 – Valentina Tereshkova

 

mulheres 12

Valentina Tereshkova foi a primeira mulher a viajar para o espaço, em 16 de junho de 1963, pela União Soviética. Nascida em uma família comunista de trabalhadores operários e rurais na Rússia, desde cedo ela já gostava de se aventurar em atividades relacionadas ao céu. Aos 22 anos, começou a participar de um clube de paraquedistas amadores e deu seu primeiro salto.

 

ESCRITO POR

Olga Bon

DEIXE UM COMENTÁRIO

1